Loading

Celeste Carvalho

AMAR É ENFRENTAR A TEMPESTADE A DOIS

Amar é um querer de duas almas sentidas.

Amar é enfrentar a tempestade a dois;

É pensar no amanhã e no depois;

Amar são aqueles momentos que preenchem a vida;

Aqueles momentos que preenchem os dois pensamentos.

Amar é mergulhar no olhar sem afogar;

É ter um abrigo que nos proteja do perigo.

Amar é transformar o pouco em muito sem enjoar;

É temperar a vida sem a estragar.

Não digas nada, dá-me só a mão

E faz vibrar o meu coração.